segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

"A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa."


Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira.
Quando se vê, já terminou o ano.
Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê, já passaram-se 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado.
Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas.
Desta forma, eu digo:
Não deixe de fazer algo que gosta, devido à falta de tempo,
pois a única falta que terá,  
será desse tempo que infelizmente não voltará mais.'
(Mário Quintana)

É com essas sábias palavras do grande mestre Mario Quintana que marco meu retorno a este espaço, depois desse tempo que foi tão necessário à minha dedicação como mãe! 
Bem sabendo que o tempo jamais retorna, vivi com toda intensidade esses primeiros anos do meu caçulinha, assim como também vivi do meu primogenito. Esse tempo com eles e essas lembranças, nada poderá tirar de mim. Hoje eles estão mais autônomos e independentes, educados e amorosos, Um já cuida do outro... e eu agora, tenho tempo sobrando para dedicar ao meu próprio tempo!


É bom estar de volta...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É sempre muito gratificante saber o que você pensa. Obrigada pelo carinho! Volte sempre e comente sempre que puder!