domingo, 23 de maio de 2010

Moda com H: Nó de gravata


Pelo menos uma vez, um homem deverá usar gravata em sua vida.
Desde muito pequena, sempre tive vontade de aprender a dar nó de gravata, sempre fui muito curiosa com essas coisas. Logo aprendi através de um programa de televisão a dar o nó simples, e nunca mais esqueci, e vez ou outra sempre aparecia alguém precisando de ajuda e pude socorrer.
Com o passar do tempo descobri que existem váarios tipos de nó de gravata, um indicado para cada tipo de colarinho e largura da gravata.
Tudo bem que existem gravatas com nó pronto à venda. Mas vem cá, o nó é um só, geralmente o simples, e dependendo to tamanho do colarinho da camisa não fica bonito, não preenche o espaço do colarinho ou fica muito alto, quem entende um pouquinho logo vê que o nó é fake e não é adequado. Acho melhor nem usar que pagar esse mico.
Tenho essas imagens guardadas a algum tempo que ensinam a dar os principais nós. Embora exista uma infinidade imensa de nós de gravata, esses são os mais usuais e dá pra atender bem os tipos de colarinho mais comuns.
Acho bem interessante dividir com vocês, pode ter certeza que uma hora lhe será útil.




Esse é o nó simples:

É bem fácil e o mais prático de todos. Vai bem com todos os tipos de colarinhos, principlamente se a gravata for mais grossa




Nó Windsor:

Esse nó, em forma de triângulo, exige várias voltas da gravata por isso é mais volumoso e ideal para gravatas mais finas e de teicidos mais leves e colarinhos mais abertos como o italiano.




Nó Semi Windsor, Meio Windsor ou Half Windsor:

Embora menos encorpado que o Windsor, o semi windsor também é um nó volumoso, ideal para gravatas mais leves, o colarinho não precisa ser tão largo, mas também não fica legal em colarinhos muito curtos.




Nó Borboleta:

Não é um nó muito utilizado no Brasil mas se você quiser se lançar na moda dos nós borboleta, segue o passo-a-passo de como fazê-lo.




Algumas idéias um pouco mais fashion pra se usar gravata.






Besitos...
Danie

2 comentários:

  1. Nossa Dani eu achei que era mais facil, que monte de volta neh.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do seu blog e desta parte que ensina fazer nó de gravata.
    Realmente é muito importante, pois quando a gente menos espera, a gente precisa.
    E muitas vezes chega alguém precisando.
    Um super abraço, tchal...tchal!

    ResponderExcluir

É sempre muito gratificante saber o que você pensa. Obrigada pelo carinho! Volte sempre e comente sempre que puder!