terça-feira, 6 de abril de 2010

Etiqueta Ambiental: No ralo, nãaaao!

Mais uma vez quero falar de mais um tipo de etiqueta que muitas vezes não nos atentamos, a etiqueta ecológica. Não basta se preocupar com o alinhamento do cabelo, a maneira correta de se amarrar um bonito lenço no pescoço, caminhar ereta e corretamente, como se sentar e se servir à mesa, e sair andando por aí jogando lixo no chão, desperdiçando água entre outros atos que podem parecer pequenos dentro da nossa individualidade, mas que quando parte para o coletivo se torna um crime contra nosso meio ambiente.
É certo que muita gente já se despertou pra preocupação com o destino do lixo que acumulamos em casa e no escritório, entre outros comportamentos que a natureza agradece e muito, mas você já parou pra pensar no que acarreta o simples ato de jogar o óleo de cozinha usado na pia? Lendo uma revista semanal que é distribuída na escola do meu filhote, me deparei com um texto muito bacana, proveitoso e que poderá nos orientar quanto a uma solução para o descarte do óleo usado em nossa casa.

Texro: NO RALO NÃO!
Guilherme Luiz de Jesus - Engenheiro Agrônomo de Sete Lagoas-MG
Revista Travessura


"O óleo vegetal é um produto basstante usado no dia a dia, principalmente para preparar frituras. Pode parecer normal jogar o óleo usado no ralo da pia. Porém, o mesmo causa alguns prejuízos, começando com a dor de cabeça que dá com aqueles canos entupidos, e a caixa de gordura cheia na sua rede de esgoto. A gordura de maneira geral, funciona como uma cola entre outros dejetos, formando "pedras" que obstruem a rede de esgoto. Além disso causam mal cheiro e a proliferação de ratos e baratas.
Outro problema, a meu ver o principal, é que apenas 1 litro de óleo pode contaminar  até 1 000 000 de litros de água. Como o óleo é uma substância apolar e a água é polar eles não se misturam e, o fato dele ser menos denso que a água faz com que forme uma película sobre a mesma, dificultando a entrada de luz e as trocas gasosas. Assim, a falta de oxigênio ocasiona a morte de peixes e outros organismos que precisam de oxigênio em suas trocas metabólicas. Adicionalmente, a decomposição anaeróbica (sem oxigênio) deste óleo por microrganismos, tem como resultado o metano, um dos vilões do efeito estufa, contribuindo para o aquecimento global. Se for parar no solo, além de contaminar os lençóis freáticos e produzir metano, causa impermeabilização (selamento superficial), dificultando a infiltração de água e contribuindo com as enchentes.
Com estes problemas apresentados, fica claro que não é uma boa descartar o óleo na pia. Então o que faremos com ele? Uma simples alternativa é guardar o óleo usado, após resfriar, em garrafas PET (de preferência as do próprio óleo que já está suja, já que garrafas PET são recicláveis, não precisa sujar outras, uma vez que sujas de óleo as garrafas PET são descartadas na reciclagem das mesmas). Feito isso, procure por pontos de coleta da empresa responsável pela reciclagem deste material próximo à sua casa (supermercados, postos de gasolina, escolas). Aqui em Minas Gerais, a RECÓLEO é a empresa responsável, e possui um site http://www.recoleo.com.br/  pra maiores informações. Para empresas como restaurantes, hotéis, lanchonetes, padarias, entre outras, bem como para condomínios que geram maior quantidade de óleo usado, basta entrar em contato com a empresa que receberão uma bombona de 30 ou 50 l para armazenamento, que de tempos em tempos será trocada por uma vazia. Como incentivo, a empresa ainda permuta o óleo por produtos de limpeza.
Nestas empresas, este óleo será tratado e poderá ser reaproveitado de diversas maneiras. Os usos mais comuns são: fabricação de sabão, detergente, massa de vidro, resinas, colas, tintas, ração e biodiesel. Sem dúvida alguma, a transformação em biodiesel, a meu ver, é o melhor destino devido à demanda crescente por energia renovável."

AQUI você encontra uma lista ampla, com pontos de coleta em vários estados do Brasil.

Com pequenos, porém simples e elegantes gestos, podemos contribuir para o futuro saudável do planeta.
Seja elegante e faça sua parte!!!

Doces beijos...
Danie
http://www.lindaecheiadegraca.blogspot.com/

* O texto foi extraído da revista Travessura nº 30  de distribuição semanal direcionada e gratuita em Sete Lagoas-MG

Um comentário:

  1. Engraçado estava falando disso hoje com a minha empregada, guardo o óleo mas não tenho aonde deixar.
    São muito poucos os postos de recolhimento, estou tentando encontrar algum aqui perto de casa, mas ainda não achei.

    Beijos

    ResponderExcluir

É sempre muito gratificante saber o que você pensa. Obrigada pelo carinho! Volte sempre e comente sempre que puder!