quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Fique alerta: Gordura trans, a grande vilã da cinturinha!!



No dia 11 de outubro foi o dia nacional de combate à obesidade. Li num site um texto falando sobre os males que a gordura trans causa ao nosso organismo. Acho super bacana tudo e qualquer informação que nos esclareça sobre a melhor forma de cuidarmos da saúde e ( por consequência da beleza também ). A seguir o txto informativo. Não deixe de ler!!

" Muito se fala sobre os malefícios causados pela gordura trans. De uma hora para outra, ela passou a ser combatida em todas as frentes e evitada por todos. Mas você sabe por quê a está evitando?




Este tipo de gordura faz com que as pessoas tenham facilidade para engordar. Foram feitos estudos para determinar se ela era mais calórica que os outros tipos de gordura, mas esta hipótese foi logo colocada por terra. Ela possui as mesmas 9 calorias por grama de qualquer outra gordura.


Vejamos, a gordura trans não engorda mais do que as outras, mas propicia que engordemos mais e aumenta nossa resistência à insulina, deixando-nos a um passo da diabetes. Mas, o pior de tudo, ela facilita o acúmulo de tecido adiposo no abdômen.
Por ser sintetizada artificialmente, quando ingerida nosso organismo não a reconhece, e faz um processo semelhante ao de uma pessoa quando recebe uma grande quantidade de material para analisar: guarda o que não entende em algum lugar para "dar uma olhadinha" depois. Acontece que a "bandeja de entrada" que nosso organismo escolhe para depositar a gordura trans é justamente entre as vísceras do abdômen. E gordura no abdômen todos já sabem que é a maior vilã da síndrome metabólica (diabetes, hipertensão, tendência a ter alto índice de triglicerídeos e baixo de coleterol bom).


A boa notícia é: quando cortamos a gordura trans de nossa alimentação, a primeira a ir embora é aquela barriguinha saliente. Então, olho nos índices de gordura trans nos alimentos que você consome (nunca ultrapasse 2g por dia) e bem-vinda barriguinha sarada! "


Fica o alerta!!

Doce bjos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É sempre muito gratificante saber o que você pensa. Obrigada pelo carinho! Volte sempre e comente sempre que puder!